Ir para: Menu principal, Conteúdo


tags
Tags
ERC começa a implementar o Projeto EduMediaTest em duas escolas de Sintra e de Santa Comba Dão
2021/03/29

Na semana passada, a ERC começou a implementar, por via remota, a ferramenta digital em que se baseia o Projeto EduMediaTest — Uma ferramenta interativa para avaliação e treino, com a participação de cerca de 120 alunos de quatro turmas do 10.º e 11º anos do Agrupamento de Escolas D. João II, em Sintra e de duas turmas do 9.º e 10.º anos do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão. Este teste foi integrado no período regular de aulas e foi feito com o acompanhamento dos professores e de duas técnicas da ERC.

O EDUMEDIATEST visa avaliar os graus de literacia mediática de alunos dos 14 aos 18 anos, em sete países europeus e reconhecer a sua capacidade de se expressarem de modo compreensível, identificarem desinformação, detetarem interesses ocultos nas fontes de informação e distinguirem estereótipos. É parcialmente financiado pela Comissão Europeia e está integrado no programa “Media Literacy for All”. É aplicado através dos reguladores nacionais do audiovisual e de organismos públicos da educação. No futuro, pretende-se que seja um recurso de apoio à educação para os media nos países participantes.

O Agrupamento de Escolas D. João II de Sintra marcou a estreia, nos dias 24 e 25 de março, através da participação de quatro turmas: duas de Ciências e Tecnologias e duas de Humanidades (todas de 10.º e de 11.º anos). No dia 26 foi a vez do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, com duas turmas: uma de 9.º ano (ensino articulado de música) e uma outra de 10.º ano (de ensino articulado de música e tecnologias).

Os testes piloto deverão continuar a partir de 5 de abril, depois da paragem escolar para as férias de Páscoa. Prevê-se que alunos de mais dois estabelecimentos de ensino integrem esta primeira fase de testes, após a qual o grupo de parceiros do projeto deverá reunir para afinar a ferramenta de acordo com as dificuldades identificadas e os primeiros resultados alcançados.

Nos três primeiros dias de teste foram envolvidos cerca de 120 alunos e no final da fase piloto, em Portugal, estima-se uma participação global de aproximadamente 200 alunos, pertencentes a quatro escolas. Inicialmente previstos para o final de janeiro de 2021, esta primeira fase foi adiada pelo segundo confinamento e constrangimentos nas escolas dos países analisados pelo EduMediaTest.

O contacto com três das escolas foi facilitado pela RBE — Rede de Bibliotecas Escolares, parceira da ERC há vários anos no GILM – Grupo Informal sobre Literacia Mediática.

A ERC é a parceira nacional do projeto, que tem como coordenador o Conselho do Audiovisual da Catalunha (regulador catalão) e cuja parte metodológica e teorização foi elaborada por uma equipa científica da Universidade Pompeu Fabra, de Barcelona. O Projeto inclui parceiros de mais cinco países: o Conselho Superior do Audiovisual, da França, a Agência para os Media Eletrónicos da República, da Croácia, a Conselho de Transmissão e Retransmissão da República Eslovaca, os centros de apoio à educação Dublin West, da Irlanda e o Centro Nacional dos Media Audiovisuais e Comunicação, da Grécia.